Liderança e boa governação, Fundação investe na formação

18 Maio, 2015, Maputo

A FUNDAÇÃO Joaquim Chissano (FJC) pretende criar uma instituição de formação, pesquisa e prestação de serviços sobre liderança e boa governação para colmatar a escassez de quadros daquela área no país e não só.

O anúncio foi feito esta quinta-feira, em Maputo, pelo antigo Chefe do Estado moçambicano, Joaquim Chissano, presidente da FJC, após assinatura de um protocolo sobre a matéria com o presidente do conselho de administração da Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento (FLAD), Vasco Rato.

Na ocasião, Joaquim Chissano, que não deu detalhes sobre a entrada em funcionamento da referida entidade, disse que a mesma encontra a sua justificação na complexidade crescente dos desafios que as instituições públicas e privadas enfrentam na realização da sua missão de liderança e boa governação na sociedade.

“Na verdade todos somos testemunhas das inquietações muitas vezes manifestas pelos cidadãos quanto à qualidade de liderança e governação de diversas instituições públicas e privadas”, disse Chissano, para quem é também obrigação da sua fundação contribuir para a melhoria da liderança e governação das entidades nacionais através da formação de quadros, investigação científica e prestação de serviços.

O antigo Chefe do Estado esclareceu que as acções de formação de quadros nessas áreas serão realizadas dentro e fora do país em cursos de curta e longa duração, leccionados por docentes nacionais e estrangeiros.

Sobre o protocolo de cooperação com a Fundação FLAD, Joaquim Chissano referiu que as duas instituições comprometem-se a trabalhar em conjunto na promoção da aproximação de entidades públicas e privadas moçambicanas, europeias e norte-americanas estimulando-as a participar no desenvolvimento económico e social de Moçambique.

“As duas fundações realizarão iniciativas de estudo e debate de temas de interesse nacional e internacional, com particular destaque para temas ligados à paz, desenvolvimento económico e social, governação e ambiente”, afirmou Chissano, acrescentando que estes estudos e debates serão materializados através de conferências, palestras e publicações diversas.

Por sua vez o presidente da FLAD, disse que entre as prioridades da sua instituição está o estabelecimento de parcerias com organizações congéneres dos países lusófonos, que contribuam para o seu desenvolvimento económico e social através da promoção da cooperação científica, técnica, cultural, educativa, comercial e empresarial.

“Para além de estratégica, esta parceria é essencial para o acompanhamento e desenvolvimento de uma nova visão da lusofonia onde a par e passo com a cultura, educação, academia convive o aprofundamento do da interação empresarial ao serviço do desenvolvimento social”, referiu Rato.

in NOTÍCIAS


Promovendo o Desenvolvimento Económico Social e Cultural de Moçambique

Joaquim Chissano

Endereço Físico

  Av. do Zimbabwe, 954. Maputo, Moçambique. Caixa Postal: 63

  (+258) 21 484000/21 489000. Fax: (+258) 21 484001

Ajude o Mundo

A Fundação Joaquim Chissano agradece a todos pelo apoio na promoção da Paz, no Desenvolvimento Social e Cultural de Moçambique.

Doação

" Nós Queremos uma Escola e Temos Esperança "